Sistema de Informações e Valores a Receber

Economia - 28 de Janeiro de 2022 - Imagem: eCuesta Publicidade

Novo serviço lançado pelo Banco Central - BC permittrá, a partir do dia 14 de fevereiro, que os brasileiros possam checar se possuem dinheiro para receber das instituições financeiras. Esses valores referem-se às cobranças que foram feitas de maneira indevida ou ainda remanescentes de contas antigas encerradas que não podiam mais ser consultadas.

De acordo com o Banco Central, por meio de um levantamento realizado em junho do ano passado, cerca de R$ 8 bilhões serão destinados a clientes de bancos em todo território nacional.

ENTENDA O SVR

O novo sistema de repasse aos clientes foi intitulado como Sistema de Informações e Valores a Receber - SVR que está tendo sua capacidade de atendimento fortemente ampliada para atender a todos os cidadãos com estabilidade e segurança e estará disponível no site do Banco Central do Brasil a partir do próximo dia 14 de fevereiro. Por meio do site será possível realizar a consulta de recursos remanescentes nas contas para pessoas físicas e CNPJs, o que facilitará o processo de devolução dos valores.

Por meio de consulta ao sistema, o cidadão ainda consegue identificar o saldo credor de contas que vieram a ser encerradas, parcelas de empréstimos, tarifas cobradas indevidamente, assim como demais recursos que costumam não ser pesquisados após o encerramento de grupos de consórcio.

SAIBA COMO CONSULTAR O SVR

Vale esclarecer que a consulta ocorrerá em duas etapas, sendo a primeira delas com o objetivo de identificar se o consumidor possui dinheiro a receber, onde, caso não tenha, a pesquisa será encerrada. Porém, caso seja identificado o dinheiro a receber o cidadão terá que realizar a consulta no Registrato.

Confira o passo a passo:

  • • Acesse a página do Banco Central;
  • • Acesse a seção Minha Vida Financeira;
  • • Seleciona a opção Valores a Receber;
  • • No final da página e selecione a opção Consulta ao Relatório Valores a Receber;
  • • Selecione a opção Seleciona a opção Iniciar Consulta;;
  • • Preencha o número do seu CPF ou do CNPJ;
  • • Pronto, o sistema verificará se você possui valores a receber de bancos, caso não tenha, não adianta seguir adiante.
  • Se o sistema indicar que existem recursos a serem resgatados, você deverá consultar os valores e a instituição em que eles estão por meio do Registrato, portal do BC que permite ao cidadão consultar suas informações financeiras.

    No portal do Banco Central será possível que o cidadão consulte as informações. Quem possui cadastro poderá realizar o login e senha para acessar o Registrato. Caso ainda não tenha cadastro é possível realizar o mesmo de duas formas, uma pelo próprio Banco Central e outra pelo site Gov.br.

     

    » Participe do grupo do Jornal eCuesta no WhatsApp » chat.whatsapp.com/JyUrDbCIyzy6aIUDnyAmAF/
    » Curta a página do Jornal eCuesta no Facebook » www.facebook.com/jornal.ecuesta/
    » Siga o Jornal eCuesta no Twitter » https://twitter.com/Jornal_eCuesta
    » Acompanhe o Jornal eCuesta no Telegram » https://t.me/jornalecuesta
    » Siga o Jornal eCuesta no Instagram » https://www.instagram.com/jornalecuesta/