Origem e o que é o plano URSAL

Desenho de uma ursinha de lacinho amarelo na cabeça e o símbolo comunista desenhado no peito e ao lado da ursinha a silhueta da américa latina e central de cabeça para baixo, imagem que supostamente representa o que denominam de URSAL

Fonte: Boatos.info
Em: Terça feira, 14 de Agosto de 2018
Imagem: Reprodução | Internet

O termo URSAL ficou famoso e teve um grande pico de interesse nas buscas do Google logo após - no debate dos presidenciáveis realizado na Band, dia 9 de agosto - o candidato Benevenuto Daciolo Fonseca dos Santos (Avante), vulgo Cabo Daciolo, ter acusado o, também candidato, Ciro Gomes (PDT) de ter fundado o Foro de São Paulo e, portanto, ser articulador de um plano secreto denominado URSAL.

O senhor é um dos fundadores do Foro de São Paulo. O que pode falar sobre o Plano URSAL?" - Questionou Cabo Daciolo a Ciro Gomes."

Pego de surpresa e sem entender direito, Ciro Gomes disse que não era fundador do Foro de São Paulo e não sabia o que era URSAL. Milhões de brasileiros tampouco sabiam, e foram em busca da resposta no Google:

O QUE É A URSAL?

De acordo com Cabo Daciolo, a URSAL seria a União das Repúblicas Socialistas da America Latina, e seria, nada mais nada menos, do que um plano esquerdista de tornar todas as nações do bloco em uma só, nos moldes da URSS - União das Republicas Socialistas Soviéticas.

Mas, na verdade, e talvez o Cabo Daciolo não saiba, é que a origem do termo URSAL é apenas uma ironia feita em 2001, por ocasião de uma reunião do Foro de São Paulo (FSP) - ocorrido em Havana, Cuba - pela socióloga Maria Lucia Victor Barbosa, que disse:

"[…]Mas qual seria, me pergunto, essa tal integração no modelo Castro-Chávez-Lula? Quem sabe, a criação da União das Republiquetas Socialistas da América Latina (URSAL)?"

Reparem que o termo usado para enfatizar a ironia, foi " Republiqueta". A crítica de Maria Lucia e a consequente criação do termo URSAL, pode ser lida na integra no Blog do Olavo de Carvalho

Após a criação do acrógrafo URSAL, a ironia começou a constar do rol imenso dos aficionados por "teorias da conspiração" e, segundo reportagem da Folha de São Paulo, aqui, chegou a assustar a sua criadora, que recebia inúmeros telefonemas, diariamente, de gente de todo tipo querendo saber detalhes a cerca da sigla e dos planos dos países comunistas de dominação e controle da America Latina.

"Eu falava para as pessoas 'não passa isso' [adiante], mas não teve jeito, de repente espalhou."

Estranhamente, mesmo tendo - em 2001 - publicado em seu blog a crítica de Maria Lucia Victor Barbosa que originou a piada da URSAL, Olavo de Carvalho publicou, em seu outro blog - em 2006 - um alerta sobre os perigos da URSAL, como se realmente ela existisse e não passasse de uma reles ironia. (publicação completa do "alerta" de Olavo de Carvalho).

"Para mim já se tornou evidente, por exemplo, que o sucesso no plano do Foro de São Paulo, a implantação da URSAL, União das Repúblicas Socialistas da América Latina, não somente não se opõe em nada aos objetivos do globalismo, mas contribui decisivamente para eles, fomentando uma integração regional que provocaria orgasmos em Hans Morgenthau e que, a longo prazo, só tornaria a América Latina ainda mais dependente dos bancos internacionais."

Para muitos desconhecedores da origem da sigla URSAL, Olavo de Carvalho teria sido o primeiro a alertar sobre seus perigos e existência em 2006, mas a verdade mostra que o termo foi criado pela Socióloga Maria Lucia Victor Barbosa, que admitiu, em entrevista recente a Folha que a URSAL não passava de uma piada irônica.

Claro que com Olavo de Carvalho, mesmo sabendo da brincadeira, endossando a URSAL como fosse verdadeira, seus seguidores acreditaram e passaram a criar diversas teorias de um plano de implantação de uma unica America Latina Comunista.

Não raramente essas mesmas pessoas acreditam em "Nova Ordem Mundial", "Illuminatis", "Projeto Blue Beam", "vírus criados em laboratório e vacinas contaminadas" e outras artimanhas para através de desastres ambientais controlar o tempo (HAARP, chemtrails), etc. Talvez acreditem até mesmo em Terra Plana e que o homem nunca pisou na Lua.

Mas é aquele negócio, teorias conspiracionistas são como religião e fé, quem acredita, acredita e ponto.

Curta a página do Jornal eCuesta no Facebook e fique por dentro das principais notícias e novidades: www.facebook.com/jornal.ecuesta/