Pabllo Vittar X Jair Bolsonaro

Vários blogs e perfis de usuários de redes sociais vêm divulgando como verdadeira a informação de que o Deputado Federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) terá sua imagem estampada nas latas de Pepsi Cola.

Também está sendo divulgado que a Coca Cola “reconheceu prejuízos de US$ 1,143 bilhão [R$ 3,769 bilhão] após estampar Pabllo Vittar nas latas de Coca Cola Zero”.

FAKE NEWS

Estas notícias SÃO FALSAS, segundo as fabricantes dos refrigerantes.

"A PepsiCo informa que não está produzindo latas de Pepsi Cola com a imagem de personalidades brasileiras, e não há previsão da realização de nenhuma ação deste tipo neste momento", informou sua assessoria de imprensa.

O boato começou a ser reproduzido após a Coca Cola anunciar o lançamento de uma campanha publicitária, com divulgação prevista para 26 de dezembro, que terá a participação de nove artistas brasileiros, cujos rostos serão estampados em suas latas.

Pabllo Vittar está entre os convidados. Três deles vão ser escolhidos pelo público para estrelar um videoclipe e um show

Nos blogs que estão divulgando a mentira sobre a parceria da Pepsi com Bolsonaro, uma montagem fotográfica sugere uma disputa entre Vittar e Bolsonaro, com uma mensagem em tom anti-lgbt: “Os conservadores estão boicotando a Coca-Cola e comprando Pepsi!”, um deles afirma.

Outro site, que se apresenta como um “portal da notícia”, divulgou que a Coca Cola “reconheceu prejuízos de US$ 1,143 bilhão após estampar Pabllo Vittar em suas latinhas de refrigerantes”, e ainda que “a Pepsi conseguiu superar a Coca-Cola em vendas apenas com um simples boato de que Bolsonaro estaria estampado em suas latinhas de refrigerante”.

A PepsiCo informou que "a companhia não divulga dados regionais de negócio nos países onde atua".

A Coca Cola não divulga informações específicas sobre faturamento de suas atividades no Brasil. Em números globais, a empresa reportou um lucro líquido de US$ 1,45 bilhão no terceiro trimestre de 2017 (último dado disponível).

Segundo a assessoria da Coca Cola, “não é verdade que tenha havido queda de vendas ou prejuízo da Coca Cola Brasil relacionados a essa campanha. As latas com as fotos dos artistas estão começando a ser distribuídas ao mercado”.

Por: Jornal eCuesta
Imagem: Reprodução | Internet