Pedágios terão radares nas cancelas automáticas

Praça de pedágio mostrando três cabines de pedágio automáticas sinalizadas com o limite de velacidade de 40 km por hora, Na cabine da direita, tem um caminhão baú chegando na mesma e o radar mostra a velocidade deste caminhão que é de 28 km por hora

Fonte: Jornal do Carro | Estadão
Em: Segunda Feira, 25 de Março de 2019
Imagem: Reprodução | Internet

Quem tem o hábito de passar acima da velocidade regulamentada nas cancelas automáticas de pedágios, é bom ficar esperto. Em algumas praças do Estado de São Paulo já está valendo um novo modo de concessão que permite multar quem excede os 40 km/h regulamentados por lei.

Segundo a Agência de Transportes do Estado de São Paulo - ARTESP, o motivo da exigência nas novas praças de pedágios é a questão da segurança viária. As velocidades superiores a 40 km/h nas cancelas geram um risco de colisão elevado quando ocorre, por algum motivo das cancelas não abrirem para o carro que está à frente.

Desde o dia 11 de fevereiro, já estão funcionando aparelhos do tipo "lombada eletrônica" nas praças da concessionária Via Paulista, na SP-255. Os pedágios estão localizados nos km 117,22 (Boa Esperança do Sul); km 165,6 (Jaú); e km 331,5 (Coronel Macedo). Também na SP-255, em processo de implantação, há nas praças nos km 229,04 (Botucatu) e km 306 (Itaí).

Além desse, a concessão da Entrevias também está em processo de aferição dos aparelhos e irá entrar em funcionamento em breve. Os aparelhos já estão instalados nas praças da rodovia SP-322 nos km 327,5 (Sertãozinho); SP-330 km 350,1 (Sales Oliveira) e km 405 (Ituverava); SP-333 km 449,76 (Florínea); SP-333 km 354,374 (Echaporã); km 315,13 (Marília); km 234,276 (Pongaí).

MOTORISTAS PODEM SER MULTADOS MESMO SEM RADAR

Ainda de acordo com a ARTESP, mesmo que a praça de pedágio não seja das novas concessões, os motoristas podem ser multados se circularem acima da velocidade nas cancelas automáticas.

Isso porque o Departamento de Estradas de Rodagem - DER e Polícia Rodoviária Militar podem registrar as multas, já que são os responsáveis pela aplicação e processamento das infrações.

 

Curta a página do Jornal eCuesta no Facebook e fique por dentro das principais notícias e novidades: www.facebook.com/jornal.ecuesta/