Unidade do CEJUSC em Angatuba

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo inaugurou, em 7/7, o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) da Comarca de Angatuba. A unidade funciona no prédio do fórum (Rua Públio de Almeida Melo, 832 – Centro). Trata-se do 199º Cejusc em funcionamento no Estado.

Participaram da solenidade o coordenador do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), desembargador José Carlos Ferreira Alves; o prefeito, Luiz Antônio Machado; o presidente da Câmara Municipal, vereador João Damasceno dos Santos; a juíza diretora do fórum e coordenadora do Cejusc, Fabiana Marini; o coordenador da 22ª Circunscrição Judiciaria – Itapetininga, desembargador José Manoel Ribeiro de Paula; o desembargador Antônio Carlos de Morais Pucci; o juiz da 3ª Vara Cível de Itapetininga, Diego Migliorini Junior; o juiz diretor do Fórum da Comarca de São Miguel de Arcanjo, Matheus Oliveira Nery Borges; o comandante da Polícia Militar de Angatuba, 1º sargento Fabio José de Meira Soares; e o vice-prefeito cidade, Márcio Poetzcher Abdelnur.

CEJUSCS

Os Cejuscs recebem demandas processuais e pré-processuais das áreas Cível e de Família. Não há limite de valor da causa e o atendimento é gratuito. O cidadão procura a unidade mais próxima e informa sua situação e o interesse em uma tentativa de acordo. Ele já sairá com a data e o horário em que deve retornar para a sessão de conciliação. A outra parte recebe uma carta-convite.

No dia marcado, conciliadores ou mediadores auxiliam os envolvidos a buscar uma solução para a demanda, tudo sob a supervisão do juiz coordenador. Se houver acordo, ele é homologado pelo magistrado e tem a mesma validade de uma decisão judicial.

CEJUSC Angatuba

Rua Públio de Almeida Melo, 832 – Centro
Horário de Atendimento: 9 às 17 horas
Telefone: (15) 3255.1311

Fonte: Comunicação Social - WL (texto) | TJSP
Imagem: Reprodução | CEJUSC Angatuba